1

Presencial x Remoto: a angstia das escolhas



Fazer essa escolha, neste momento, no algo fcil.

s famlias cabe optar por manter os filhos em casa, com aulas online, ou envi-los escola.

Durante esse processo de escolha, percebi uma dificuldade real dos pais, no somente por ter que tomar uma deciso racional, objetiva diante do momento, do contexto e de suas crenas, mas pelo grande sofrimento em lidar com a frustrao do filho que no poder voltar agora.

A vida feita de escolhas, fato. E essas escolhas so baseadas em tantas outras... Assim caminha a humanidade!

Cada pai, ou responsvel, tem o direito de escolher e, muito provavelmente, a esta altura, a escolha feita por motivos muito reais, importantes, pensados e repensados.

Ento, eu pergunto:

Qual a dificuldade em dizer aos filhos que no retornaro por enquanto porque existe um medo de pais, vovs e vovs, ainda no imunizados, contrarem o vrus? Qual o receio desses pais, alm da Covid-19? Eles jamais deixaro de ser amados e admirados por terem esse cuidado, esse medo inerente situao. Filhos sentem raiva, sim - todos ns j sentimos; mas no deixamos de amar por isso... E estamos aqui, hoje, cuidando carinhosamente dos nossos pais.

E qual o problema dos pais que acreditam na volta tranquila? Que sabem que os filhos estaro seguros e bem cuidados na escola e que acreditam que o tempo de ensino remoto j saturou para aquela criana ou adolescente? Qual o problema dos pais que precisam trabalhar, ganhar dinheiro e no podem mais ficar em casa acompanhando as aulas dos filhos?

Enfim, a vida feita de escolhas, meus caros! E todas elas precisam ser respeitadas. Mais importante que isso: vocs precisam respeitar a sua escolha!

Honrem seus motivos, deixem claro aos filhos o porqu retornaro ou no escola. Vocs so os adultos, no se esqueam disso, nunca! Quando esses filhos crescerem, tero orgulho de vocs e de suas escolhas assumidas.

O aluno que estiver assistindo aula em casa vai saber que outros estaro na escola e vice-versa. Ensinem seus filhos que a vida assim: um dia voc est feliz; outro, triste - e no tem como ser diferente. Saber conviver com as angstias do dia a dia, com as tristezas inerentes vida cotidiana a melhor maneira de viver de verdade. No existe receita para eliminarmos as angstias do mundo, no existem as "10 maneiras para sermos felizes". Ns vamos encontrar nossos momentos de felicidade fazendo as nossas escolhas.

Escolham caminhos, assumam decises, expressem claramente isso aos seus filhos. Vocs vo viver todos os caminhos das tristezas e alegrias do que escolheram.

E assim continuaremos vivendo, nos equilibrando entre as razes e as emoes.

A vida rara!

Psicloga Mal Piva

Colgio NIE